A indústria de smartphones já está um tanto quanto esquecida na mesmice. De vez em quando vimos alguma mudança por parte das fabricantes, mas nada extremamente marcante a nível de inovação. Ao menos até agora.

A Xiaomi anunciou no dia 25 de outubro o incrível Mi Mix, um smartphone extremamente poderoso, com design incrivelmente bonito e uma tela gigante de 6.4 polegadas com o mínimo bordas. Sem dúvida o design do inovador e futurista. Coisa que todos sempre sonhamos em ter. E agora isso é possível a partir do dia 4 de novembro!

O Mi Mix tem duas versões: uma com 4 GB de memória RAM e 128 GB de memória interna e outra com 6 GB + 256 GB. Fora isso, todo o resto é semelhante: o processador Qualcomm Snapdragon 821 com quatro núcleos, sendo dois núcleos de 2.35 GHz e mais dois de 1.6 GHz, ambos com arquitetura Kryo. Câmera traseira com resolução de 16 MP, foco por fase (PDAF) e gravação de vídeo em 4K. Câmera frontal de 5 MP. Bateria com 4.400 mAh de capacidade com suporte ao Quick Charge 3.0 da Qualcomm.

A tela é de 6.4 polegadas e resolução 2040 x 1080. A proporção utilizada pela Xiaomi é customizada: 17:9. Ela mantém a proporção de 16:9 (1920 x 1080) das telas comuns e permite que você veja todo o conteúdo normalmente, mas adiciona 120 pixels de altura para o uso dos botões capacitivos que não prejudicam sua experiência.

Curta o Techno1 no Facebook para receber mais novidades!

Todo o corpo do smartphone é feito em cerâmica: tanto a traseira, a moldura lateral e também os botões de volume e de energia. O vidro frontal é revestido pela tecnologia Gorilla Glass 4 da Corning. Na parte de baixo temos duas saídas de som e um conector USB Type-C

Como a tela ocupa 91.3% da parte frontal do dispositivo, a Xiaomi precisou remodelar os sensores e o auto falante. Não temos mais o tradicional sensor de proximidade infravermelho no Mi Mix, ao invés disso temos um sensor de proximidade ultrassônico. Ele fica por baixo da tela, não ocupando espaço na parte frontal e oferecendo a mesma eficácia.

Curta o Techno1 no Facebook para receber mais novidades!

Já o alto falante para chamadas é mais interessante. O smartphone utiliza uma peça de cerâmica piezoeletrônica que vibra ao converter o sinal digital para o mecânico, que então é distribuída para o corpo de metal e pode, finalmente, ser ouvido com clareza pelo usuário.

A câmera, como você pode perceber, foi movida para a barra inferior e ficou 50% menor quando comparada aos módulos tradicionais, mas sem perder qualidade. O software de câmera permite que você gire o smartphone para fazer as selfies com a câmera frontal virada para cima.

Como já informamos no começo da matéria, o Mi Mix chegará ao mercado chinês dia 4 de novembro em duas versões. Vale lembrar que a edição com 6 GB de RAM chega também com os aros do sensor biométrico e da câmera traseira em ouro de 18 quilates.

• Xiaomi Mi Mix com 4 GB + 128 GB: R$ 1.625.
• Xiaomi Mi Mix com 6 GB + 256 GB: R$ 1.855.

Valores convertidos do preço fixo vendido em Yuan: 3.499 e 3.999.

Deixem suas opiniões nos comentários. Vamos mantê-los informados quanto a qualquer atualização. Até lá, fiquem ligados ao TH1 no Facebook para mais notícias!

 

FONTE

 

VOLTAR AO INÍCIO