Após depositar todas as esperanças no BlackBerry OS, a empresa desistiu oficialmente de tentar manter um sistema operacional próprio e agora entra de vez no Android. E 2017 pode ser o ano de ressurgimento da empresa com três smartphones diferentes de codinome Neon, Argon e Mercury.

Neon

O primeiro smartphone deve ser um aparelho que se encaixe no mercado de intermediários. Contando com uma tela de 5.2 polegadas de resolução Full HD (1920 x 1080), 3 GB de RAM, 16 GB de memória interna e bateria de 2.610 mAh.

O processador seria um Snapdragon 617 com suporte para QuickCharge 2.0, câmera traseira de 13 MP e frontal de 8 MP. O corpo do aparelho seria feito de alumínio e plástico.

O smartphone deve ser lançado em algum momento entre os meses de julho e agosto deste ano, com preço competitivo e sem contrato com operadoras.

Argon

Este pode ser o aparelho mais caro e robusto da BlackBerry e de acordo com a fonte do VentureBeat poderá ser lançado em outubro com foco no mercado corporativo e de consumidores entusiastas da empresa.

O aparelho deve contar com tela de 5.5 polegadas de resolução Quad HD (3840 x 2160) com processador Snapdragon 820, 4 GB de RAM, 32 GB de memória interna, câmera traseira de 21 MP e frontal de 8 MP com bateria de 3.000 mAh, com suporte ao QuickCharge 3.0. O smartphone pode contar ainda com conector USB Type-C e leitor de impressões digitais.

Mercury

Diferente do Neon e Argon, o Mercury seria o único smartphone da BlackBerry com teclado físico físico e fixado no corpo do aparelho, não como no BlackBerry Priv, em que o teclado fica escondido por baixo da tela até que você arreste-a para cima.

BlackBerry Mercury

O Mercury deve contar com uma tela de 4.5 polegadas com resolução Full HD de proporção 3:2 (ao invés do padrão 16:9) e corpo em alumínio. Por dentro, o smartphone teria um processador Snapdragon 625, da Qualcomm, 3 GB de RAM e 32 GB de memória interna com expansão por cartão microSD.

A bateria pode conter 3.400 mAh, com suporte ao Quick Charge, USB Type-C (possivelmente) além de câmera traseira e frontal com 18 e 8 MP, respectivamente.

O Mercury pode ser lançado nos primeiros meses de 2017.

Deixem suas opiniões nos comentários. Vamos mantê-los informados quanto a qualquer atualização. Até lá, fiquem ligados ao TH1 no Facebook para mais notícias!

 

FONTE

 

VOLTAR AO INÍCIO