A Samsung realizou nesse sábado (23), às 23 horas da noite do horário de Brasilia, uma conferência para informar a todos os seus consumidores a causa oficial das explosões do Galaxy Note7. Sem nenhuma novidade, os executivos da sul-coreana afirmaram que foi a bateria do dispositivo a principal culpada.

A conferência começou com sincero pedido de desculpa a todos aqueles que foram afetados pelo problema, e DJ Koh, Presidente da Divisão de Dispositivos Móveis da Samsung Electronics, afirmou que isso não voltará a acontecer. Ela também informou que um total de 96% de todos os aparelhos Galaxy Note7 retornaram à empresa.

“Por vários meses, juntamente com organizações independentes de especialistas da indústria, realizamos uma investigação completa para encontrar a causa para os incidentes do Galaxy Note 7”, Koh afirma. “Hoje, mais do que nunca, estamos empenhados em ganhar a confiança dos nossos clientes através da inovação, que redefine o que é possível em segurança e é uma porta para possibilidades ilimitadas e novas experiências incríveis”.

E após uma investigação minuciosa conduzida pela Samsung depois de milhares de testes internos, o problema na bateria foi encontrado. O que causava a combustão da bateria eram eletrodos que se tocavam. como você pode ver na imagem abaixo, em um dos cantos os eletrodo positivo e negativo acabavam se encostando por estarem suficientemente tortos para que isso pudesse ocorrer, resultando em um curto circuito.

A empresa informou que novas mediadas de checagem serão tomadas, incluindo um reforço em cinco procedimentos já existentes e a adição de três novos, totalizando oito passos de checagem:

• Teste de durabilidade
• Inspeção visual
• Teste de Raio-X
• Teste de desmontagem
• Teste AOCV (checa a voltagem da bateria)
• Teste de carga/descarga
• TVOC (garante que não há vazamento na bateria)
• Teste de uso acelerado

O aparelho mais bonito da Samsung fez a empresa perder milhões de dólares por conta da pressa de lançar o smartphone antes do iPhone 7. Mas acreditamos que a fabricante tenha aprendido a lição e esperamos que isso não ocorra mais.

Deixem suas opiniões nos comentários. Vamos mantê-los informados quanto a qualquer atualização. Até lá, fiquem ligados ao TH1 no Facebook para mais notícias!

 

FONTE

 

VOLTAR AO INÍCIO