Muitos ainda consideram o Galaxy Note7 uma obra prima da Samsung. Um dos melhores smartphones que teve um final trágico. Ou não, a depender da fabricante.

Foi informado essa semana que a empresa está levando a sério a consideração de colocar de volta às prateleiras os aparelhos que não tiveram dano algum em sua carcaça e permanecem intactos, mas com uma nova bateria de 3.000 a 3.200 mAh, diferente da bateria explosiva de 3.500 mAh.

A mudança é pequena, mas significativa, e pode ajudar a Samsung a perder um pouco do gigantesco prejuízo causado pela pressa em lançar o smartphone antes da Apple.

Novas medidas de segurança foram tomadas pela fabricante para evitar que uma tragédia desse nível aconteça mais uma vez, resultando em oito passos de checagem.

Leia também: Samsung explica o motivo das explosões do Note7

Segundo a fonte, é possível que a Samsung volte a vender o smartphone em junho deste ano, mas não há informações sobre preço e disponibilidade de mercados. Ainda assim, fica a dúvida: você compraria o dispositivo com uma nova bateria?

Deixem suas opiniões nos comentários. Vamos mantê-los informados quanto a qualquer atualização. Até lá, fiquem ligados ao TH1 no Facebook para mais notícias!

 

FONTE

 

VOLTAR AO INÍCIO